A República contra a Máquina

1- Não o mero viver, mas a busca da vida bela. 2- A Liberdade não se negocia, a Paz sim. "Pode-se imaginar um prazer e força na auto-determinação, uma liberdade da vontade, em que um espírito se despede de toda crença, todo desejo de certeza, treinado que é em se equilibrar sobre tênues cordas e possibilidades e em dançar até mesmo à beira de abismos. Um tal espírito seria o espírito livre por excelência" (Nietzsche. Gaia Ciência, parágrafo 347)

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, SP, Brazil

quinta-feira, março 15, 2007

Outra pergunta que separa republicanos e liberais

Para ser livre é preciso participar das decisões que afetam nossas vidas?

2 Comments:

Anonymous Tamerlão said...

Ela realmente separa?
Eu não sou um conhecedor dos fundamentos das posições políticas em questão, mas há quem julgue digno de um homem abster-se de se autogovernar? Se os liberais 'pensam' assim, bem, não precisamos de armas, e sim de vermífugos para exterminálos!

22 março, 2007 15:17  
Blogger Brutus said...

A concepção de liberdade dos liberais é fundamentalmente a liberdade negativa. É a liberdade que existe no "silêncio da lei". A liberdade é apenas o espaço que existe entre as leis. O que a lei não proíbe é a minha liberdade. Para eles, não há necessidade de participar da política se o Estado garante os direitos individuais e está "funcionando". Podemos participar votando nos nossos representantes. Mas o voto não deveria ser obrigatório. Aí o Estado está indo contra minha liberdade individual. É uma concepção de liberdade apenas individual. É o ideal de que a vida privada não deve ser molestada por pressões comunitárias ou políticas.

22 março, 2007 19:19  

Postar um comentário

<< Home

counter